Convidados

Quer ser convidado do Cinclus Fest?

Se possui uma boa colecção de imagens e uma interessante história para contar sobre o mundo natural, apresente a sua proposta ao Festival Cinclus para se candidatar a partilhar com um vasto público o seu trabalho neste evento de referência nacional, veja como poderá participar.
As inscrições terminam a 20 de dezembro de 2018.


Marco Ronconi //

www.marcoronconi.com

Marco Ronconi é uma fotógrafo de naturalidade Italiana. Nascido em uma pequena cidade no norte da Itália, teve a sorte de crescer em contacto com a natureza e vida selvagem. A fotografia é apenas uma maneira de passar o máximo de tempo que puder ao ar livre, longe de multidões e do seres da vida moderna. Tenta celebrar a beleza de uma paisagem ou os breves encontros com a vida selvagem com simplicidade, dando mais importância ao que não é visto e é deixado à nossa imaginação. A fotografia é um processo que começa a partir de sentimento e paixão. As suas imagens são publicadas em inúmeras revistas nacionais e internacionais. http://www.marcoronconi.com

Zoltán Nagy // Fotógrafo de Natureza

www.zoltan-nagy.com

Zoltán Nagy, nasceu em 1989, é um fotógrafo de natureza da Roménia. Cresceu na Transilvânia o que o levou a despertar interesse em biologia, que culminou com uma graduação em 'Vida Selvagem e Fotografia Ambiental' na Universidade Lancaster em Blackpool, Inglaterra. Depois de se ausentar do seu país, Zoltán mudou-se para a Roménia, onde se concentra principalmente em criar histórias sobre projetos de conservação do seu país. O seu trabalho foi premiado em competições de fotografia de renome, como GDT European Wildlife Photographer do ano ou Festival de l'Oiseau et de la Nature, e publica em inúmeras revistas como a World Wildlife Magazine, National Geographic Magazine (edições romenas e húngaras).

António Sá // Fotógrafo

www.antoniosa.com

António Sá é fotógrafo freelance desde 1995. Explorando sobretudo as temáticas de etnografia e natureza, publicou centenas de reportagens na imprensa nacional e estrangeira, resultado das suas viagens a destinos como Bornéu, Alasca, Islândia, Marrocos, Mongólia, China, Panamá, Namíbia, Brasil e Cabo Verde, mas também das incursões em todo o território da Península Ibérica. Imagens suas têm sido utilizadas noutro tipo de projetos, mais orientados para a comunicação e publicidade, de que são exemplos mais relevantes o Turismo de Portugal e as marcas Nokia, Fnac e Epson. Como instrutor, António Sá leciona workshops de fotografia para diversas entidades, como a Fundação de Serralves, e conduz passeios fotográficos em áreas naturais de Portugal e Espanha. Em 2009 e 2010 foi pioneiro das viagens fotográficas Nomad, liderando pequenos grupos à Islândia e a Marrocos. protagonizou o projeto do National Geographic Channel sobre os sítios portugueses classificados pela UNESCO como Património Mundial. O documentário, intitulado "Portugal um outro olhar". foi emitido na Alemanha, Espanha, Portugal e Reino Unido, enquanto que o trabalho fotográfico esteve patente em Berlim, Londres, Lisboa e na cidade turca de Eskisehir. Mais tarde volta a captar os lugares Património Mundial da UNESCO, desta vez na bacia hidrográfica do Douro, para o projeto Douro/Duero Ibérico - Rota do Património Mundial, cuja exposição seria inaugurada pelos chefes de governo de Portugal e Espanha na XXV Cimeira Ibérica.

Nuno Cabrita //

www.nunocabrita.com

Apesar de viver toda a sua vida em meio urbano, teve a sorte e o privilégio de poder privar, desde muito pequeno com o meio natural, fator que moldou o modo como o sente e observa. Guiado pelo fascínio que nutre pelo ambiente natural, seus seres e atmosferas, mas também pelo gosto pela fotografia, decide começar a registrar imagens de vida selvagem e de paisagem natural. O registro fotográfico que pratica não segue um único estilo, variando entre o descritivo e o abstrato, para ele uma fotografia é o resultado criativo do que vemos e sentimos, mas também do que queremos alcançar.

Jacinto Policarpo //

Nascido e criado num ambiente rural, a natureza sempre fez parte da sua vida. Na infância, a maior parte do tempo foi passado no campo, entre jogos e correrias, o cantar das aves, as árvores ao vento, são sons que sempre ficaram bem enraizados na sua memória e no seu coração. Ao longo dos anos, o interesse pela natureza foi-se desenvolvendo em frente à televisão vendo documentários da BBC e National Geographic com o seu pai. O gosto pela arte sempre esteve presente na sua vida. Como autodidata, realizou alguns esboços a óleo e pastel sempre com motivos naturais, principalmente paisagens. A passagem para a fotografia ocorreu por volta de 2008 tentando captar aquilo que de mais belo a natureza tem para dar.

Sergio Esteves/ Tomás Martins //

Sérgio Esteves é um fotografo amador que cresceu e viveu no Minho, grande parte do seu tempo fotográfico foi dispensado nos concelhos de Esposende e Barcelos. Interessou-se por fotografia em 2008, com mais incidência na fotografia da Natureza e com destaque para as aves. Participou em alguns workshops e encontros de fotografia, onde teve o privilégio de conhecer e aprender com outros fotógrafos. Teve expostas fotografias suas em exposições na região onde vive. Foi vencedor de vários prémios e menções honrosas em concursos de fotografia de natureza em Portugal. Tomás Martins, nasceu em 1977, em Vila Nova de Famalicão. Desde criança, sempre, demonstrou um interesse invulgar pela observação das aves. Ao longo dos anos esta paixão foi intensificada, e em 2006, através da fotografia, descobriu uma forma de eternizar os momentos que até então guardava apenas em memória. Desde então teve o privilégio de conhecer inúmeras pessoas que partilharam consigo as suas experiências o que lhe concedeu a oportunidade de conhecer e apreciar cada vez mais o mundo das aves. Tem contribuído com algumas imagens que foram publicadas em livros nacionais.

Oriol Alamany // Fotógrafo

www.alamany.com

Oriol Alamany é um fotógrafo espanhol nacido em 1958. Nos anos 80 combinou o seu trabalho de desenhador gráfico com o de fotógrafo, naturalista e ilustrador, para terminar dedicando-se à fotografía. Ligado ao mundo do estudo e da conservação da natureza, os seus projectos são sobre espécies ameaçadas (Leopardo das neves, Falcão peregrinos, Urso pardo nos Pirineos…), ou sobre o património natural e cultural das zonas remotas do planeta (Ilha de Socotra, Omán, Etiopía, Himalaya, Svalbard, isla de Pascua, Australia...). As suas fotografias são divulgadas nas mais prestigiosas revistas nacionais e internacionais como, National Geographic, BBC Wildlife, Terre Sauvage, GEO, Lonely Planet, Viajes-National Geographic, etc. É autor de livros Fotografía en tus viajes, Collserola, Aran, Parques Nacionales de España, Viajar con tu cámara, Fotografiar la naturaleza, etc. É membro do colectivo Nature Photo Blog, foi fundador e membro da direcção da Asociación Española de Fotógrafos de Naturaleza (AEFONA).

Joaquin Gutiérrez Acha // Director e operador de camara de documentários de natureza e vida selvagem

www.bitisdocumentales.com

Joaquin Gutierrez Acha, nasceu em Espanha. Inicialmente trabalhou como fotografo de natureza onde colaborou em livros e revistas com conteúdos de natureza. A sua paixão desde sua infancia eram os documentários de Natureza. Actualmente, com a sua produtora de documentarias BITIS DOCUMENTALES, trabalha e produz em alta qualidade para as mais conceituadas entidades de difusão de filmes de natureza para todo Mundo. Colabora com produtoras como a National Geographic, BBC etc. A sua ultima grande produção Cantábrico nos dominios do Urso Pardo, foi exibida nas salas de cinema de Espanha. Actualmente trabalha numa nova produção " Dehesa".